Gestão de Negócios

Gestão integrada: a chave para o crescimento do seu negócio!

Gestão integrada: a chave do crescimento do seu negócio

É inegável que uma empresa necessita ter um plano de gestão integrada para obter bons resultados e se manter com um elevado grau de sustentabilidade.

Por outro lado, o alto nível da concorrência e a necessidade de oferecer serviços cada vez melhores para os clientes exigem um maior foco na gestão integrada.

Afinal, não adianta contar com um marketing extremamente criativo, caso uma companhia não tenha uma política de Recursos Humanos qualificada para engajar e reter talentos.

Por isso, é imprescindível que todas as áreas estejam devidamente alinhadas com os valores e os procedimentos defendidos pela marca.

Neste artigo, vamos apontar diversos fatores que justificam o investimento em uma gestão integrada. A intenção é te ajudar a compreender como esse modelo de administração pode ser útil para o seu negócio.

Confira!

O que é a gestão integrada?

Consiste em uma iniciativa em que os empresários têm um foco em adotar ações unificadas para administrar uma empresa dentro das práticas do mercado.

Hoje, é muito importante que um gestor tenha uma dimensão do que acontece no empreendimento de maneira simples e rápida. Do contrário, terá dificuldades para tomar decisões e um grande risco de optar por alternativas que não agreguem valor ao negócio.

A gestão integrada conquista um espaço crescente no mundo corporativo, porque as companhias precisam se mostrar habilitadas não apenas para acompanhar o avanço tecnológico provocado pela transformação digital, mas também para assimilar o comportamento dos clientes com eficiência em curto prazo.

Esse cenário mostra que contar, por exemplo, com sistemas que apresentam indicadores de todas as unidades de maneira atualizada e correta é essencial para um gerenciamento mais efetivo.

À medida que a identificação de gargalos é feita com rapidez, maiores são as chances de corrigir o problema sem prejudicar a produtividade.

Dessa maneira, uma empresa pode oferecer condições de trabalho e serviços que estejam de acordo ou acima das expectativas dos stakeholders. Sem dúvida, isso justifica apostar em um modelo de administração cada vez mais relevante no mundo dos negócios.

A importância da gestão integrada para as empresas

É muito bom contar com um gerenciamento de estoque que seja capaz de suprir a demanda de forma plena. Com certeza, é um bom indicador de que a corporação está acompanhando o interesse dos consumidores por uma mercadoria com bastante atenção.

Por outro lado, esse esforço pode não proporcionar os resultados esperados, caso não haja um pós-venda extremamente qualificado. Mesmo que se tenha uma grande atenção com os processos internos e um foco na automatização de tarefas, os erros podem aparecer e causar situações que precisam ser resolvidas com agilidade e bom senso.

Se o atendimento pós-compra não estiver dentro do esperado, uma empresa pode perder clientes e ter a imagem bastante comprometida, o que influi, na maioria dos casos, negativamente no resultado das vendas.

Para evitar esse problema, a gestão integrada é uma excelente alternativa por consolidar um modelo de administração em que todas as unidades devem seguir procedimentos para proporcionar a melhor experiência ao público-alvo.

Em uma conjuntura de altíssima competitividade, as empresas devem buscar uma padronização dentre todos os setores. Do contrário, terão sérias dificuldades para atingir um desempenho notável e estarem presentes no dia a dia dos consumidores.

Os principais benefícios da gestão integrada

Há diversas vantagens que podem ser obtidas ao apostar em um formato de gerenciamento que prioriza a capacidade de todas as áreas terem um rendimento de alto nível. Para você entender isso com clareza, vamos apontar os principais benefícios de investir na gestão integrada.

Redução da burocracia

Os clientes não gostam de perder tempo para resolver situações meramente simples, como a atualização do cadastro. Pedir para o consumidor ir presencialmente para confirmar os dados é um equívoco que prejudica bastante a imagem de um negócio.

Ao apostar na tecnologia de forma inteligente, uma empresa pode com facilidade manter as informações dos clientes atualizadas. E isso também pode ser perfeitamente aplicado para melhorar a comunicação entre as áreas de vendas e estoque, tornando a rotina de trabalho mais simples e menos burocrática.

Mais qualidade dos serviços

Uma gestão integrada tem como uma das principais missões encantar o consumidor desde o primeiro contato até o pós-venda. Caso essa tarefa seja executada de maneira exemplar, uma empresa terá um ambiente mais favorável para melhorar a qualidade dos serviços e consolidar uma posição de prestígio no mercado.

A apresentação da oferta, as condições de pagamento, a entrega do serviço e o acompanhamento dos resultados obtidos pelo consumidor com a mercadoria são cruciais para atingir elevados níveis de fidelização.

E isso somente pode ser alcançado quando há um alinhamento entre todos os setores de uma empresa.

Agilidade maior nas atividades rotineiras

Para efetivar a gestão integrada de maneira consistente é indispensável apostar na melhoria dos processos internos. Em outras palavras, os procedimentos em todas as áreas precisam seguir critérios de qualidade e eficiência para serem executados da melhor forma possível em curto prazo.

Com um conhecimento das necessidades e das demandas de todas as unidades, uma empresa tem mais condições de identificar gargalos e de resolvê-los de forma concreta. Isso permite que haja uma evolução em fazer as tarefas do dia a dia.

Essa tendência se torna ainda mais nítida com o investimento feito por muitas companhias em automatização.

Fortalecimento da transparência

Dependendo da postura adotada por uma empresa, é comum um funcionário não ter nenhuma informação sobre os procedimentos adotados em outros departamentos. Essa situação acontece em muitos casos, porque não há um compartilhamento de informações eficiente.

Com a gestão integrada, as áreas têm como uma das premissas trocarem informações entre si. Afinal, é necessário que haja uma sincronia para os processos serem executados corretamente, o que é fundamental para melhorar os serviços de maneira significativa.

Esse esforço faz com que a corporação também seja mais transparente em relação aos procedimentos internos. Esse fator ainda colabora para as ações externas terem um maior nível de transparência, o que ajuda a fortalecer a imagem perante os stakeholders.

Mais comprometimento da equipe

À medida que os colaboradores compreendem e concordam com os métodos de trabalho adotados, maiores são as possibilidades de estarem mais engajados com os valores adotados pela marca. Isso é muito importante para haver um maior comprometimento com as metas a serem alcançadas.

Um cliente, ao verificar que os funcionários estão focados em oferecer um atendimento diferenciado, vai se sentir mais satisfeito e identificado com uma empresa.

Sem dúvida, esse aspecto favorece não apenas a fidelização, mas a possibilidade de contar com mais pessoas para aprovar e defender os procedimentos seguidos por seu negócio.

Ao cuidar do público interno com uma gestão integrada eficiente, uma companhia cria um cenário positivo para envolver os consumidores e torná-los mais receptivos com os serviços disponibilizados.

Redução de custos

Uma das principais vantagens de uma companhia ao apostar na gestão integrada envolve a padronização dos processos entre todas as áreas. Assim, torna-se viável eliminar etapas que deixavam as atividades mais lentas e com maiores riscos de erros.

Um ponto positivo dessa prática consiste na redução de gastos causados pelo tempo gasto para corrigir os equívocos e o uso de mais matéria-prima para fabricar um novo item, por exemplo.

Ao minimizar os erros nas tarefas rotineiras, uma empresa corta custos de forma exemplar e consegue ser mais competitiva em curto prazo.

Como implantar a gestão integrada na sua empresa 

Um dos primeiros passos para ter um gerenciamento mais integrado abrange o mapeamento de processos. Ou seja, é preciso ter uma noção plena de como estão sendo realizados os serviços em todos os setores.

Com um olhar mais global sobre como as áreas estão atuando, é possível implementar medidas que contribuam para acelerar os trabalhos e minimizar os erros, responsáveis por reduzir a eficiência operacional e aumentar os custos.

Para alcançar um patamar de administração acima da média, a recomendação é investir na tecnologia de forma estratégica. Por isso, é válido contar com um Sistema de Gestão Integrada, também conhecido como ERP.

Essa ferramenta permite que todas as unidades compartilhem informações entre si com agilidade.

Além disso, propicia aos gestores uma visão ampla sobre como os segmentos (finanças, marketing, vendas, logística etc.) estão desempenhando as tarefas no momento.

Dessa maneira, colabora para uma tomada de decisão mais precisa e rápida, o que é essencial para uma empresa atender à demanda com mais facilidade.

ERPFlex e a gestão integrada

Não é simples adotar mudanças na forma de administrar uma empresa. Para essa missão ser concluída com êxito, um bom caminho é investir em parceiros capazes de oferecer soluções diferenciadas e voltadas para a melhoria contínua.

Pensando nisso, a ERPFlex desenvolveu um software de gestão integrada que contribui bastante para as organizações adotarem práticas voltadas para a eficiência, a redução de custos e o atendimento mais qualificado aos clientes.

Ao implementar um ERP de ponta, o seu negócio terá um ambiente favorável para utilizar não apenas as informações entre os setores de forma mais estratégica, mas também conseguirá antever tendências e oferecer um serviço cada vez mais próximo das necessidades do público-alvo.

Hoje, é preciso investir em tecnologia para colocar em prática o conceito de gestão integrada.

Assine a Newsletter ERPFlex