Conheça as 5 formas de criar vantagem competitiva

A vantagem competitiva pode ser entendida como uma característica positiva que determinada empresa possui, e que a difere de seus concorrentes sob o ponto de vista dos consumidores. Por exemplo: quando a empresa oferece ao cliente o melhor preço; uma entrega mais rápida; ou ainda um produto ou serviço exclusivo, cria-se um diferencial. Isso significa que existe um conjunto de atributos que permite que esta empresa seja vista pelo consumidor como a melhor opção do mercado.

Portanto, criar uma vantagem competitiva é extremamente importante para quem quer crescer e aumentar as vendas. Você já sabe qual é o diferencial competitivo da sua empresa? Se estiver oferecendo o mesmo produto ou serviço que a concorrência, está na hora de sair na frente!

Quanto antes você descobrir qual é o seu diferencial, mais fácil será fixá-lo na mente do público que você deseja atingir. Este artigo irá mostrá-lo as 5 formas de criar vantagem competitiva e como se destacar no mercado, garantindo o sucesso do seu negócio. Confira!

 

vantagem competitiva

 

O que é vantagem competitiva?

O termo “vantagem competitiva” se refere à capacidade que uma empresa tem de atingir um nível mais elevado de vendas em relação a outras empresas do mesmo mercado, ou seja, sua capacidade de permanecer à frente da concorrência. Antes de qualquer coisa, você precisa saber que uma estratégia de negócios eficiente tem um profundo impacto sobre a criação de vantagem competitiva.

O que leva um consumidor a comprar o produto ou serviço de uma empresa em detrimento de outra? É a vantagem competitiva oferecida, que está clara e bem definida na mente do cliente. Essa vantagem pode estar no preço, na excelência do atendimento, no design, prazo de entrega, posição que a empresa ocupa no mercado, simpatia do cliente pela marca, comportamento sustentável da empresa etc.

Qualquer vantagem competitiva deve ter as seguintes características:

  1. Gerar valor ao cliente – uma vantagem competitiva deve, em primeiro lugar, agregar valor ao cliente.
    Não basta ser única e criativa se ela não for aquilo que o cliente deseja;
  2. Ser insubstituível – é importante que não existam vantagens competitivas substitutas disponíveis aos concorrentes.  Se eles não puderem copiar a sua ideia, mas puderem substituí-la, então ela não terá impacto nenhum para sua empresa.
  3. Ser sustentável – a vantagem competitiva deve ser sustentada ao longo do tempo, ou seja, não pode ser facilmente copiada pela concorrência.

 

vantagem competitiva

 

5 formas de criar vantagem competitiva para você se destacar no mercado

 

1. Analise a concorrência e faça uma estratégia de diferencial

O primeiro passo para criar uma vantagem competitiva é ficar de olho em seus concorrentes. Para se diferenciar, você precisa saber o que eles estão fazendo, o que agrada os clientes e o que os deixam insatisfeitos. Por isso, pesquise o seu mercado, conheça profundamente o seu público, e crie melhorias no ponto de vista do cliente.

Por exemplo, você pode oferecer uma entrega de alta qualidade para os consumidores. Se eles enxergarem o seu produto ou serviço diferentemente de outros produtos, estarão dispostos a pagar mais para receber esses benefícios.

 

2. Adquira liderança de custo

Liderança de custo é a capacidade de produzir um produto ou serviço com custos menores do que os concorrentes. Se sua empresa produzir o mesmo produto com a qualidade ofertada pela concorrência, mas conseguir vendê-lo por menos, isso lhe dará uma vantagem competitiva sobre outras empresas.

Para conseguir esse feito e obter lucro, você deverá encontrar uma base de baixo custo, como trabalho, materiais e instalações. Investigue como diminuir custos oferecendo um produto ou serviço de qualidade. Se você reduzir o custo de fabricação, poderá cobrar menos que a concorrência, e tornar-se a primeira opção do consumidor.

Um produto ou serviço deve oferecer valor através do preço ou qualidade. Quando um negócio consegue encontrar equilíbrio entre preço e qualidade, geralmente alcança um produto ou serviço bem-sucedido.

 

3. Tenha uma estratégia de foco

Também conhecida como “estratégia de segmentação”, a estratégia de foco busca atingir um mercado específico, ao invés de tentar atingir todos.

As empresas que utilizam esse método, geralmente, se concentram nas necessidades do cliente e em como os produtos ou serviços podem melhorar suas vidas no dia a dia.

Essa estratégia pode incluir segmentações geográficas, demográficas, comportamentais e físicas. Ao estreitar o mercado para segmentações menores, as empresas conseguem entender melhor o cliente e satisfazer suas necessidades.

 

4. Saiba quais são seus recursos e competências

Os recursos de uma empresa podem ser:

  • Financeiros (caixa, lucro retido etc);
  • Físicos (matéria-prima, equipamentos etc);
  • Humanos (conhecimento, habilidade etc);
  • Organizacionais (estruturas, equipes, cultura etc).

Já as suas competências ou capacidades podem ser entendidas como a habilidade da empresa em tirar proveito dos seus recursos.

Para saber se os seus recursos consistem ou não em uma vantagem competitiva, existe um modelo chamado VRIO (Valor, Raridade, Imitabilidade e Organização). Ele representa 4 questões que você deve responder sobre um recurso ou capacidade para determinar seu potencial competitivo:

  1. O recurso permite que a empresa explore uma oportunidade ambiental ou neutralize uma ameaça do ambiente?
  2. O recurso é controlado apenas por um pequeno número de empresas competidoras?
  3. As empresas sem esse recurso enfrentam uma desvantagem de custo para obtê-lo ou para desenvolvê-lo?
  4. As políticas e processos da sua empresa estão organizadas para dar suporte à exploração de seus recursos valiosos, raros e difíceis de imitar?

Se as respostas para todas essas perguntas for “sim”, então você já tem nas mãos uma vantagem competitiva.

 

5. Entenda o conceito de capacidades dinâmicas

O conceito de capacidades dinâmicas nas organizações trata da capacidade adaptativa frente ao dinamismo do ambiente, ou seja, como as empresas podem alcançar e sustentar vantagens competitivas em um ambiente em mutação.

Quando falamos em “capacidade”, estamos falando da habilidade que a empresa tem de adaptar, integrar e reconfigurar seus recursos para atender os requisitos de um ambiente em constante mudança, em que é difícil prever as ações dos concorrentes. O termo “dinâmica” refere-se à capacidade das empresas em renovar suas competências para responder rapidamente às mudanças do ambiente.

Para criar sua vantagem competitiva, você deve compreender os 3 componentes da capacidade dinâmica:

Processos: como as coisas são feitas na empresa (suas rotinas e formas de aprendizado);

Posições: qual é o estado atual de sua tecnologia, propriedade intelectual, base de clientes, relacionamento com fornecedores etc;

Caminhos: quais são as opções estratégicas que sua empresa possui para obter vantagem competitiva.

Agora que você já sabe quais são as 5 formas de criar vantagem competitiva, mãos à obra! Se você já teve alguma experiência com este tema, compartilhe conosco, deixando aqui o seu comentário!

E não se esqueça: assine nossa newsletter e receba em primeira mão informações relevantes para o seu negócio.