Entenda o que é SPED Fiscal e como facilitar a rotina de sua empresa

Quando pensamos no Sistema Tributário Nacional, nos lembramos dos problemas que os acompanham: burocracia, morosidade e processos complexos. Logicamente, o Brasil ainda engatinha nessa questão, com muitas etapas que demandam complicações desnecessárias.

 

Esses problemas fazem com que muitos empreendedores percam um tempo valioso com a questão do tributo, impossibilitando-os de atentarem-se aos pontos vitais de suas empresas. A longo prazo, o resultado disso é o menor poder de mercado.

 

Além disso, por ser difícil até mesmo identificar qual o imposto deve ser pago, muitos empresários não realizam o pagamento, e no futuro são obrigados a desembolsar uma grande quantia financeira para o pagamento dessas dívidas, o que pode comprometer a empresa como um todo.

 

Entretanto, embora em passos curtos, o Governo Brasileiro está detectando e tomando atitudes para diminuir problemas com o Fisco. Uma dessas ações foi a criação do SPED Fiscal (Sistema Público de Escrituração Digital). O sistema gerou otimização do tempo, praticidade, e ainda tornou as informações mais nítidas sobre cada tipo de tributo e quem deve realizar o pagamento.

 

Atualmente, o SPED Fiscal é um dos pontos mais importantes dentro de toda a conjuntura da empresa. Mas, afinal, você sabe o que é SPED Fiscal? A seguir, você vai entender do que realmente se trata esse sistema e as razões pelas quais ele é tão importante para qualquer empreendimento. Confira!

 


oque-SPED-fiscal

 

Afinal, o que é SPED Fiscal?

 

O Sistema Público de Escrituração Digital, mais conhecido pela sigla SPED, é uma maneira de informatizar o modo como o tributo e suas obrigações são apresentados para o Fisco. Trata-se de um sistema online, no qual o empreendedor pode ter acesso ao seu arquivo de obrigações tributárias e enviar tudo o que for necessário. Em outras palavras, o SPED Fiscal possibilita que os tributos sejam apresentados online, sem maiores necessidades burocráticas.

 

O SPED faz parte do Programa de Aceleração de Crescimento (PAC 2007-2010), e é entendido como um fator que apoia o crescimento de pequenas e médias empresas, bem como motiva a criação de novas, uma vez que acaba com grande parte da burocracia e papelada convencionais e otimiza o processo, gerando uma economia de tempo e tornando a tarefa mais fácil.

 

como-funciona-SPED-fiscal

 

Como o SPED Fiscal funciona?

 

Não existem segredos e nem mesmo grandes dificuldades nesse sistema online. Basicamente, o Governo prepara um arquivo de obrigações tributárias divididas por setores de empresa, bem como outras obrigações nesse sentido. Todos as operações de apuração de impostos (IPI e ICMS) também podem ser encontradas nesse registro.

 

Assim, cabe ao empreendedor acessar o site do SPED e realizar o download desse arquivo, identificando quais as suas obrigações junto à apresentação de impostos pagos, e então submeter as informações necessárias ao Programa Validador e Assinador (PVA), que pode ser acessado pelo site da Receita Federal do Brasil. Essa ação deve ser realizada mensalmente.

 

Após isso, o PVA devolve o arquivo conferido e aprovado. Então, é necessário apenas que o documento seja assinado digitalmente por meio de um certificado digital (e-CNPJ), e enviado para o SPED Fiscal.

 

rotina-SPED-fiscal

 

Como o SPED Fiscal pode facilitar a rotina de sua empresa?

 

Como podemos perceber, o SPED Fiscal veio para tornar mais fácil e prática a vida do empreendedor. Os grandes problemas relacionados ao Imposto de Renda, suas burocracias e o grande processo moroso foram reduzidos drasticamente com a criação do SPED Fiscal. A seguir, você poderá conferir algumas situações empresariais que podem ser otimizadas ao adotar o SPED como a maneira principal de apresentar seus tributos.

 

 

Tempo de processo

 

Antes da criação do SPED, a única maneira de apresentar os tributos referentes a sua empresa era se dirigir até a Receita Federal, ou então a uma instituição representante de sua cidade, e buscar as informações necessárias. Assim, uma grande papelada era indispensável e o tempo para realizar o preenchimento manual era bastante moroso. Como se não bastasse, ainda havia a necessidade de se dirigir novamente até a instituição da Receita Federal e realizar a entrega, que seria comprovada e, depois de semanas, validada.

 

O SPED Fiscal conseguiu acabar com todas essas etapas. Atualmente, se sua empresa for de médio ou pequeno porte, o tempo para realizar o download do arquivo no SPED, preenchê-lo e enviá-lo ao PVA, é de, em média, duas horas.

 

 

Maior tempo de dedicação aos assuntos empresariais

 

Há alguns anos, gastava-se alguns dias para apresentação dos tributos, o que fazia com que a empresa ficasse carente do olhar do proprietário. Muitas vezes, o resultado era menor produtividade e lucro nesse período. Entretanto, uma vez que o processo é muito mais dinâmico atualmente, esse problema se esvaiu quase que completamente, criando um cenário no qual o proprietário pode estar mais próximo à empresa.

 

Aqui, vale lembrar da importância de utilizar um bom sistema de gestão ou ERP para fazer com que os processos gerenciais sejam otimizados. Esse sistema de gestão financeira trará eficiência aos processos, tornando-os mais simples e objetivos.

 

economia-SPED-fiscal

 

Economia

 

Com a otimização do tempo e a facilidade do processo, a rotina é simplificada, podendo gerar, inclusive, economia. Podemos começar identificando a economia financeira direta com o fato de não precisar mais imprimir quilos de papéis e gastar com tinta – o que em um ano, pode representar um gasto elevado. Além disso, é necessário entender que os profissionais alocados para realizar a tributação perdiam muito tempo nesse sentido, fazendo com que as suas horas remuneradas não fossem de real efetividade no lucro direto da empresa.

 

 

Cotidiano mais dinâmico

 

Entender o que é o SPED Fiscal e como ele pode atuar no dia a dia da empresa é uma das atitudes necessárias para garantir competitividade, economia e otimização de processos em organizações, independentemente de seu porte.

 

O sistema representa um avanço do país na busca de melhores oportunidades para empreendedores e oportunidades de surgimento de novas organizações, impulsionando a economia brasileira. Utilizar o SPED Fiscal pode representar o detalhe que estava faltando para tornar o seu empreendimento muito mais eficaz e prático, cortando gastos desnecessários e culminando até mesmo no aumento da taxa de produtividade.

 

Gostou deste artigo? Ficou alguma dúvida? Deixe seu comentário!

 

Não se esqueça de assinar nossa newsletter para receber informações sobre gestão financeira. E para ficar ainda mais por dentro do assunto, é só baixar gratuitamente nosso e-book, clicando na imagem abaixo:

 

call2actionebookfinanceira