O que é franquia e como você pode a com ela?

Certamente você já ouviu falar sobre franquias ou franchising, mas os detalhes sobre o assunto nem sempre são tão claros. Se você se interessa ou já pensou em investir nesse modelo de negócio, este artigo irá ajudá-lo a entender melhor sobre o que é franquia, quais as taxas e custos para ser um franqueado, e como lucrar com esse formato. Acompanhe o post!

o-que-e-franquia-ic

 

O que é franquia?

A franquia ou franchising empresarial  nada mais é do que um sistema em que o franqueador cede ao franqueado o direito de uso da marca e de distribuição exclusiva (ou semiexclusiva) de seus produtos ou serviços.

Uma franquia é como uma licença para usar a marca e know-how de vendas de determinados produtos ou serviços de uma empresa, cedidos mediante condições firmadas em contrato. Como o franqueador já dispõe de uma estabilidade financeira, o franqueado pode usufruir de descontos nos preços, prazos mais extensos e de pagamentos em condições especiais.

É muito mais provável que um franqueado obtenha sucesso em seu negócio do que uma pessoa que monta uma empresa independente. Por possuir uma rede própria de distribuição, o franqueador já tem sua marca fortalecida após vários testes de produtos.

O franqueado faz o investimento, trabalha e assume integralmente os custos de montagem e operação de sua empresa, além de remunerar a franqueadora pela transferência de know-how, treinamentos, uso da marca e assistência permanente.

Normalmente, a compra de uma franquia exige um investimento inicial alto, pois nele estão inclusos valores de instalação, equipamentos e funcionários. Entretanto, existem também as chamadas “microfranquias”, que requerem um investimento mais baixo.

Geralmente, as franquias costumam garantir aos franqueados uma série de serviços, prestados antes do início da operação, cujos custos são incluídos na taxa de franquia. Veja quais são eles:

  • Direito inicial de uso da marca do franqueador;
  • Treinamento teórico e prático;
  • Assistência na escolha e avaliação técnica do ponto para instalação do negócio;
  • Apoio na negociação e formalização do contrato de aluguel do ponto comercial;
  • Assistência no projeto arquitetônico e orientação da reforma do imóvel;
  • Apoio da equipe de inauguração na abertura do negócio.

 

custos-que-e-franquia

 

Quais são as taxas de uma franquia?

São vários os benefícios de abrir uma franquia, mas você precisa estar preparado para as diversas taxas que serão cobradas pelo franqueador. São as seguintes:

 

Taxa de franquia ou taxa inicial

É a taxa cobrada do franqueado para que ele tenha o direito de fazer parte da rede de franquias, ou seja, é o preço estabelecido para o ingresso do franqueado em um determinado sistema de franquia. Também chamada taxa de licença, a taxa de franquia consiste em um valor único inicial.

 

Taxa de royalties

É um valor que o franqueado paga periodicamente ao franqueador para remunerar a tecnologia prestada enquanto existir a relação entre ambos. Geralmente, se trata de um percentual fixo, preestabelecido no contrato, aplicado sobre o montante do faturamento bruto da franquia.

 

Taxa de Propaganda e Promoção

É paga periodicamente pelo franqueado para a formação de um fundo financeiro, em que o objetivo é servir ao apoio comercial da franquia pela divulgação de sua marca, produtos e conceitos, além do apoio da própria rede de franquias, principalmente por meio de publicidade, propaganda, e outros meios de divulgação.

 

Taxa de compras

É uma taxa cobrada por alguns franqueadores pelo uso de sua estrutura de compras, muito comum em setores onde o franqueado fornece os insumos, como no caso das franquias de escolas de idiomas.

 

Taxa de Serviço

Trata-se do valor cobrado pelo franqueador para a realização de serviços extras (os serviços normais são remunerados pelos royalties). As taxas de serviço cobradas em uma franquia devem ser previamente analisadas, a fim de entender o custo exato do negócio – e não ser pego de surpresa no futuro.

 

De modo geral, é importante que, antes de abrir uma franquia, você avalie a relação entre custo e benefício do negócio. Algumas vezes você pode perceber que o melhor é abrir a empresa por conta própria, em vez de investir uma alta quantia em uma franquia.

E claro, uma franquia deve ser lucrativa, como qualquer outro empreendimento. Faça um bom plano de negócios considerando todos os aspectos financeiros (taxa de franquia, royalties, porcentual destinado ao marketing, custos fixos e variáveis, manutenção da franquia etc). Desse modo, você terá mais segurança e evitará imprevistos.

lucrar-que-e-franquia

 

Como lucrar com uma franquia?

 

De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), apenas 11% das franquias deixam de operar em 5 anos. Para empresas independentes, esse número sobre para 60%.

O prazo médio para o franqueado recuperar o dinheiro investido e começar a lucrar é de 24 a 36 meses. Este prazo é considerado rápido se comparado com outros modelos de negócio.

Para lucrar com uma franquia, é preciso ficar de olho em fatores podem influenciar negativamente os resultados, tais como:

  • a escolha da localização do ponto comercial;
  • a falta de dedicação dos funcionários;
  • a falta de acompanhamento das operações pelo gestor;
  • o cálculo equivocado da taxa de lucro e da receita gerada pela franquia.

As franquias possuem um faturamento estimado seguro. A partir de uma projeção de vendas, é possível determinar qual é o Ponto de Equilíbrio do investimento, ou seja, um indicador que analisa o momento em que os custos e as receitas de uma franquia se igualam, mostrando o quanto a unidade deve faturar para eliminar o risco de prejuízo. Através deste indicador, pode-se estimar em quanto tempo a franquia passará a ter lucro. Quanto menor o indicativo, menor é o risco do investimento.

Para concluir, abrir uma franquia pode ser realmente muito lucrativo, e mais seguro do que começar uma empresa do zero. Entretanto, é essencial que você tenha um bom planejamento financeiro e esteja ciente de todos os custos envolvidos, até que a empresa comece a ter o retorno sobre investimento.

Esperamos que você tenha entendido um pouco mais sobre o que é franquia através deste artigo. Você tem alguma experiência com este modelo de negócio? Compartilhe conosco deixando seu comentário!