O que é CRM e como ele pode fazer a sua empresa faturar mais

Hoje em dia o CRM se tornou tão fundamental para empresas, independentemente do seu porte, que as pessoas tendem a usar a sigla como um termo do dia a dia, muitas vezes, sem sequer conhecer de fato suas funcionalidades. Por isso, neste post, vamos explicar o que é CRM e como ele pode realmente ajudar a sua empresa a ganhar mais dinheiro. Confira!

 

Em primeiro lugar, a sigla CRM é uma abreviação para “Customer Relationship Management” que nada mais é que um sistema de gestão totalmente voltado para o cliente, ou seja, que atua no gerenciamento do relacionamento entre a empresa e o comprador.

 

Dito isso, é preciso entender que o foco principal deste sistema é compreender e antecipar as necessidades de cada um dos consumidores, bem como enxergar seu potencial. E o melhor de tudo é que esse entendimento é possível graças aos dados colhidos durante as interações entre o cliente e a companhia, além da correta alimentação do CRM.

 

Além disso, esse sistema possibilita o compartilhamento das informações dos compradores com toda a equipe, acompanhamento do desenvolvimento de todos os vendedores, bem como dos outros setores, consulta aos prazos, distribuição imediata de clientes, acompanhamento de relatórios e muito mais.

 

Para ajudar a esclarecer, veja a seguir alguns sinais de que um negócio precisa de um CRM:

 

  • Equipes que trabalham juntas, nem sempre fisicamente;
  • Equipes de vendas que viajam com frequência;
  • Dificuldade em encontrar rapidamente os dados de clientes;
  • Contatos com clientes são esquecidos;
  • Empresa com muitos clientes ou em crescimento rápido.

 

cliente-crm

 

Como entender o seu cliente?

 

Conforme dito, para se antecipar às necessidades dos clientes, é preciso avaliar os dados colhidos durante as interações com a própria empresa. Entretanto, para que essa análise seja de fato eficiente, é fundamental uma alimentação perfeita e padronizada do sistema CRM.

 

Absolutamente todas as atividades dos compradores devem ser registradas, mesmo que o contato tenha sido via e-mail, mídias sociais, telefone ou até pessoalmente. Já os dados pessoais merecem uma atenção em especial: peça somente dados realmente relevantes, isso porque o excesso de informações solicitadas pode afugentar o cliente, ou ele pode ainda encaminhar dados que não sejam verídicos, o que impossibilitaria o entendimento preciso de suas necessidades.

 

Uma das maneiras de fazer essa avaliação é classificar as interações como reclamações, sugestões, solicitações ou elogios, a partir daí, é possível otimizar campanhas de marketing, vendas, e até caminhar para o desenvolvimento de novos produtos ou serviços de uma forma muito mais assertiva.

 

A parte analítica de um CRM é o que possibilita antever necessidades e oferecer tratamentos individualizados e humanizados a cada um dos compradores, por isso, em dias como os atuais, onde o tratamento se tornou um diferencial, dirija toda a atenção aos dados e ao trato com o consumidor!

 

fidelizar-crm

 

Como o CRM fideliza seu cliente?

 

Outro ponto positivo de um sistema de CRM é que ele possibilita uma das tarefas mais difíceis para empresas dos mais diversos ramos de atividade: a fidelização dos clientes. Veja, através do CRM, é possível conhecer todos os hábitos dos consumidores, como por exemplo, os caminhos que ele percorre na busca de informações, como no Facebook ou no site. Assim, torna-se viável direcionar uma promoção específica para suprir aquela busca ou ainda uma campanha que atenda aqueles hábitos.

 

Por exemplo, um comprador que costuma efetuar suas buscas no Facebook está mais suscetível à uma campanha encaminhada exatamente por este meio. O mesmo se aplica àqueles que se cadastram em sites em busca de informações que supram suas dúvidas.

 

Além disso, o CRM guarda dados como pedidos anteriores, quantidades solicitadas, valores e qualquer outra informação pertinente à solicitação. Desta forma, caso o cliente ainda não tenha feito a encomenda novamente, é possível um contato por parte da empresa a fim de oferecer uma nova demanda. Essa ação, não só viabiliza novas vendas, como também demonstra cuidado e interesse com o comprador.

 

Importante frisar que com a utilização de um CRM na nuvem é possível que os vendedores tenham acesso a todos os dados atualizados independentemente do local onde estejam ou do que estejam fazendo, o que diminui, e muito, as chances de um cliente ser “esquecido”.

 

nuvem-crm

 

O que é CRM na nuvem?

 

Atualmente, a maioria dos sistemas CRM estão na nuvem, o que facilita a instalação e manutenção. Isso é possível graças ao modelo de operação deste CRM, através da internet e não através da instalação de um software hospedado no servidor da empresa.

 

Um sistema hospedado no servidor tende a ser muito pesado, o que pode trazer alguns problemas técnicos constantes e ainda demanda mão de obra do TI sempre à disposição.

 

Entretanto, independentemente de estar na nuvem ou no servidor, existem diversos tipos de CRM no mercado, e saber qual melhor se adapta ao seu negócio é fundamental, caso contrário, haverá perda de tempo e dinheiro. Portanto, conversar com pessoas de todos os setores da empresa a fim de entender suas necessidades, pode ser de grande valia.

 

Uma dica é buscar sempre por sistemas que não sejam engessados, ou seja, que possam se adaptar às carências de cada caso; entretanto, existem outros fatores que devem ser considerados invariavelmente. Veja quais são eles:

 

Integração: checar se o sistema possibilita integração entre todas as áreas da empresa como vendas, estoque, financeiro e assim por diante. A integração evita erros como duplicidades ou a falta de um produto, uma vez fornecer a mesma informação para todos os setores.

 

Confiabilidade: procurar conhecer outras companhias que utilizam o sistema é sempre uma maneira de se guardar de possíveis dores de cabeça.

Cobrança: é importante consultar a maneira como o sistema é cobrado. Existem empresas, por exemplo, que cobram por atualização do CRM.

 

Independentemente da sua escolha, é fundamental que sua empresa conte com um sistema CRM que facilite e agregue valor às operações em geral. Esperamos ter conseguido explicar o que é CRM e como ele pode te ajudar a faturar mais, diminuindo ralos e esforços em vão.

 

Se você gostou deste post, assine nossa newsletter e receba conteúdos importantes para a saúde financeira da sua empresa!

 

anuncio-facebook-2