5 benefícios em ter sua loja virtual integrada com um sistema ERP

A principal atividade de um e-commerce é, certamente, aumentar o seu volume de vendas. Isso é o que garante o sucesso do seu negócio. Mas, quanto maior for esse volume, mais complexos serão os processos que englobam sua loja virtual: cadastro, troca, etiquetagem, controle de estoque, controle de fluxo de caixa, entrega, faturamento, etc. Como administrar tudo isso sem cometer erros que podem resultar na insatisfação do seu cliente?

É aí que surge a necessidade de integrar e controlar todos esses processos operacionais da loja virtual em um sistema de gestão empresarial, conhecido como ERP (Enterprise Resource Planning). Esse sistema permite colocar em prática ações que visam a qualidade do serviço prestado e o bom atendimento, afinal, ele integra as informações de todos os departamentos da empresa e canais de venda, evitando brechas para as falhas. Neste post, vamos mostrar 6 dos maiores benefícios em ter uma loja integrada com o sistema ERP. Confira!

gestao-loja-integrada

1. Gestão empresarial otimizada da loja integrada

Se você já vende seus produtos ou serviços em uma loja física, ingressar no mercado de e-commerce pode ser uma opção interessante para alavancar o seu negócio. Porém, vender em grandes quantidades não garante por si só o sucesso da sua empresa. Para isso, é necessário gerir o seu negócio com foco em conquistar e fidelizar os clientes

Além disso, a loja online inclui processos complexos, como armazenamento de informações atualizadas dos clientes para enviar mailing de promoções, controle do processo de compras e vendas, obrigações fiscais e impostos, disponibilização do produto em diversos canais de venda (caso a empresa também tenha lojas físicas), disponibilidade de estoque em tempo real, etc. Enfim, é impossível pensar em tudo isso sem o auxílio de um sistema ERP.

As lojas virtuais que fazem parte de redes de lojas físicas ou que já têm uma operação maior, e que pretendem crescer, acabam precisando de uma solução robusta de ERP. Caso contrário, o controle de estoque e de processos se torna um caos e o faturamento começa a ser corroído por vendas de produtos esgotados e indisponibilidade de produtos que, na verdade, estão em estoque.

Outro fator importante é que a integração entre ERP e e-commerce traz mais agilidade na hora de analisar os resultados da sua empresa, já que todas as informações necessárias ficam disponíveis, facilitando a tomada de decisões e otimizando a gestão do seu negócio.

produtividade-loja-integrada

2. Aumento da produtividade

Com a integração entre o sistema de gestão empresarial e o  e-commerce, o trabalho manual é anulado e o fluxo de informações entre os departamentos da empresa passa a ser automático. Por essa razão, sua equipe passa a ter mais tempo para realizar outras tarefas e torna-se mais produtiva em áreas importantes para o crescimento da empresa.

Além de beneficiar a equipe, a automação de processos também traz uma grande vantagem ao consumidor, que passa a ter informações em tempo real sobre o status da compra. Caso ocorra algum problema, será mais fácil detectá-lo e a equipe poderá agir com rapidez para buscar a solução e garantir a satisfação do cliente.

recursos-loja-integrada

3. Economia dos recursos financeiros da empresa

Com a loja integrada ao sistema de gestão, também é possível diminuir os custos da empresa, dada a complexidade dos processos de um e-commerce e os recursos humanos que ele exige. A automação desses processos permite que a equipe seja reduzida ou melhor aproveitada em departamentos cruciais para o crescimento da empresa.

A tendência é que todos os negócios no e-commerce passem a aderir ao ERP, em razão das exigências do próprio mercado. Além dos benefícios operacionais, o departamento fiscal é também decisivo para esta integração: a Receita Federal vem empenhando seus esforços na formalização do mercado de vendas online, e está exigindo cada vez mais que os empresários do comércio eletrônico sejam adeptos da Nota Fiscal Eletrônica e também do envio dos arquivos contábeis eletrônicos (SPED Fiscal), documentos que são gerados automaticamente pelo ERP.

decisao-loja-integrada

4. Informações claras para a tomada de decisão

Ter sua loja integrada com um ERP também cria a possibilidade de utilizar o Business Intelligence (BI), ou inteligência de negócios, que é um método que visa ajudar as organizações a tomar decisões inteligentes, através de dados e informações recolhidas pelo sistema de gestão.

Através de um ERP integrado com o seu e-commerce, é possível coletar, organizar, analisar, medir e monitorar informações, para criar um conjunto de teorias, metodologias, processos, estruturas e tecnologias úteis para a tomada de decisões estratégicas, com o intuito de melhorar o seu desempenho no mercado. Dessa forma, os riscos para o empreendimento são reduzidos e ainda é possível aproveitar melhor as oportunidades.

retencao-loja-integrada

5. Fidelização de clientes

Uma loja integrada a um ERP certamente reduz o tempo de execução dos processos internos da loja, auxiliando na troca de informações. Além disso, proporciona segurança e garante uma visão geral do negócio, o que ajuda na tomada de decisões e estimula o crescimento do volume de vendas. Tudo isso, é claro, influencia diretamente no desempenho da empresa em relação ao consumidor.

O seu cliente é o primeiro a sentir o efeito da ausência de um bom sistema de gestão empresarial. Se ele compra um produto e recebe outro, ou se o seu pedido atrasa, pode ter certeza: ele não voltará a comprar de você.

Com as informações coletadas a partir da plataforma de e-commerce, é possível criar um banco de dados sobre seu público-alvo, a fim de desenvolver estratégias de marketing mais eficazes. O  relacionamento com o seu cliente é fundamental para estabelecer a confiança e tornar a sua marca conhecida positivamente no mercado.

>> Baixe gratuitamente o e-book “E-commerce: amplie suas vendas sem limites”! Clique aqui para fazer o download. <<

erp-loja-integrada

Por que ter um ERP nativo faz toda diferença para a sua loja virtual?

Como você viu, a  integração do sistema ERP com a plataforma de e-commerce traz  benefícios em custo, desenvolvimento e tempo. Entretanto, trabalhar com as duas ferramentas diferentes, o ERP e a plataforma de e-commerce, compromete a produtividade da sua empresa. Isso porque todas as informações geradas pela plataforma de e-commerce precisam ser transferidas para o ERP manualmente, o que faz você perder tempo, além de correr o risco de cometer erros durante o processo.

Muitos sistemas do mercado, que têm API aberta, dizem integrar o software com o e-commerce, mas na realidade, a integração nunca é 100%. Por exemplo, em muitos casos, ocorrem divergências na hora de cadastrar produtos. No final das contas, o fornecedor de ERP coloca a culpa na plataforma de e-commerce, que por sua vez, diz que o responsável é o fornecedor de ERP, e o empresário não vê a solução efetiva para o seu problema.

Por isso, prefira empresas que ofereçam a plataforma de e-commerce com ERP nativo. Você estará livre de inúmeras dores de cabeça, como ter que negociar com duas empresas distintas, com propostas diferentes, isso sem contar a desvantagem de gerir dois painéis administrativos distintos e ter um trabalho manual de alimentá-los com as informações necessárias.

Se você ficou com alguma dúvida sobre este assunto, entre em contato conosco e receba uma avaliação gratuita sobre o seu e-commerce. Você também pode deixar seus comentários aqui. Juntos, encontraremos a melhor solução para a sua empresa!

CTAecommerceflex