Contabilidade Gerencial: o que é e como fazer?

A Contabilidade Gerencial é um dos ramos da contabilidade que permite, entre outras aplicações, a melhor gestão dos custos, definição do preço de venda e otimização dos recursos financeiros, humanos e operacionais de uma determinada empresa.

 

Ela é essencial para o setor comercial e para a saúde financeira da empresa, garantindo alocações de recursos eficientes e bem administradas.

 

Neste post, abordaremos de forma aprofundada o que é a contabilidade gerencial e como fazê-la na sua empresa, observando seus principais aspectos e vantagens essenciais para a prosperidade da sua empresa. Acompanhe!

 

Evolução-Contabilidade-Gerencial

 

Evolução da Contabilidade Gerencial

 

A contabilidade gerencial pode ser definida como um sistema de identificação e mensuração de informações utilizadas pela gestão da empresa para o controle e planejamento das atividades empresariais, utilizando disponíveis de forma eficiente.

 

Pode-se dizer que a Contabilidade Gerencial é responsável por fornecer todas as informações que são necessárias para o processo de decisão das estratégias comerciais da empresa.

 

Considerada uma evolução da própria ciência contábil, a contabilidade gerencial não se limita apenas ao simples registro de informações e levantamento de demonstrações contábeis ou ainda de cálculo e recolhimento dos impostos de uma determinada empresa.

 

Ela se apresenta como uma alternativa ao uso das informações empresariais, já que estas deverão ser a base para relatórios, cálculos, projeções e estratégias que possibilitem à empresa a utilização de recursos de forma racional e inteligente.

 

Diferença-Contabilidade-Gerencial

 

Diferença entre a contabilidade gerencial e a financeira

 

A Contabilidade Financeira é a base da Contabilidade Gerencial, entretanto, muito mais limitada, já que é pautada em aspectos bastante normativos, ou seja, é regida por leis, normas, princípios e resoluções contábeis.

 

Do outro lado, a Contabilidade Gerencial, é voltada para os usuários internos da organização e não possui normatizações ou limitações, sendo seus relatórios elaborados de acordo com a necessidade destes usuários.

 

Outro ponto é a periodicidade, que no caso da Contabilidade Financeira é regida pelas normatizações, o que exige datas pontuais para a entrega de demonstrações e declarações, o que já não ocorre na Contabilidade Gerencial, que pode gerar informações e fornecer análises sem uma data pré-definida.

 

Relatório-Contabilidade-Gerencial

 

Relatórios da Contabilidade Gerencial e Financeira

 

Especificamente em relação aos relatórios, na Contabilidade Gerencial, é possível citar aqueles relativos ao desempenho de um determinado produto, departamento ou, até mesmo, colaborador, sendo possível, também, o detalhamento dos custos e das receitas gerados em um determinado período e a análise destes por diferentes ângulos.

 

Já na Contabilidade Financeira, o produto final é representado pelas Demonstrações Contábeis, como o Balanço Patrimonial, Demonstração do Resultado do Exercício, Demonstração de Lucros e Prejuízos Acumulados ou Demonstração das Mutações do Patrimônio Líquido, Demonstração do Fluxo de Caixa e Demonstração do Valor Adicionado.

 

Outro aspecto bastante importante e que diferencia a Contabilidade Gerencial da Financeira é que no caso da primeira, os cálculos, relatórios e análises estão voltados para o futuro, uma vez que projeções, tendências, estratégias e ferramentas financeiras são utilizadas para melhorar a performance da empresa ou ainda deixá-la mais eficiente.

 

Já no segundo caso, os registros contábeis representam o passado, ou seja, mostram os fatos que modificaram o patrimônio de uma determinada organização e o impacto que estes têm para a empresa, não sendo possível, neste ponto, nenhuma intervenção, já que estes já ocorreram.

 

Vantagens-Contabilidade-Gerencial

 

Vantagens da utilização da contabilidade gerencial

 

A utilização dos relatórios que são gerados na contabilidade financeira permite que os gestores tomem suas decisões de forma adequada, mas, além disso, a contabilidade gerencial permite o aumento da eficiência de todas as funções da empresa, já que o conhecimento dos recursos faz com que seja possível sua utilização de uma forma mais racional.

 

Precificação mais eficiente

 

Com o detalhamento dos custos e despesas, a correta fixação do preço de venda, margem de contribuição, ponto de equilíbrio e estratégias que maximizem o lucro da empresa.

 

Gestão financeira através de fluxo de caixa

 

Outra utilização importante da contabilidade gerencial é a correta gestão financeira, que poderá contar com o uso de ferramentas como, por exemplo, o fluxo de caixa Tradicional e o Projetado que permitem que a empresa conheça quanto possui de recursos financeiros disponíveis, quais são suas expectativas para o futuro e como ela poderá empregar estes recursos em suas principais necessidades.

 

Redução de desperdícios

 

A contabilidade gerencial também atua na redução de desperdícios, sejam eles de recursos financeiros, humanos, tecnológicos ou relacionados à atividade principal da empresa. Também permite encontrar e solucionar os chamados gargalos de produção, que são áreas, funcionários ou processos que possuem alguma limitação que pode, até mesmo, comprometer toda a produção.

 

Comunicação que favorece decisões estratégicas

 

Com um caráter ligado à comunicação, a Contabilidade Gerencial permite uma maior eficiência neste ponto junto a todos os níveis de gestão, o que permite que as decisões estratégicas sejam tomadas de forma mais clara, objetiva e com segurança.

 

Empresa-Contabilidade-Gerencial

 

Como a contabilidade gerencial pode ser utilizada em sua empresa

 

A implementação da contabilidade gerencial começa com o correto registro e reconhecimento da movimentação contábil de uma empresa, que deve ser feita, preferencialmente, em softwares integrados de gestão, que permitam conhecer, de forma completa, toda a movimentação da empresa em um determinado período de tempo.

 

A utilização de um bom software, além de permitir a geração da informação em tempo real, deve permitir a emissão de relatórios diferenciados, que possibilitem ao gestor o conhecimento dos custos, despesas e receitas, além de outros aspectos, de forma detalhada, mostrando todos os pormenores da atividade empresarial.

 

Além disso, podem ser implementados, como já visto, o uso de ferramentas gerenciais, como o fluxo de caixa, orçamentos, projeções, análises de índices e de demonstrações contábeis que podem ajudar a traçar um perfil da empresa, mostrando onde ela está e onde será possível chegar.

 

Neste post, você aprendeu que a Contabilidade Gerencial é uma evolução, que foi necessária dentro da Contabilidade Financeira e que, apesar de utilizar os dados gerados por esta, possui liberdade na geração de diferentes relatórios que deverão ser utilizados, de acordo com as necessidades dos tomadores de decisão.

 

Você compreendeu também que a utilização de um bom sistema de gestão se faz necessária não só para a geração das informações financeiras, mas também para a elaboração de diferentes relatórios e ferramentas gerenciais que serão utilizados em diferentes estudos, projeções e estratégias para otimizar os resultados da empresa.

 

Gostou do artigo? Compartilhe com seus amigos e assine nossa newsletter!

 

Se tiver alguma dúvida, fale com um de nossos especialistas. Estamos aqui para ajudá-lo!

 

CTAchecklist_fluxo_de_caixa